25 de Janeiro de 2010 19:34:25
%{artist} - %{title} , (%{year}) (%{time})
    PodCast Ariquemes 190 -- Play para ouvir
Carregando %{time1} de %{time2} (%{percent}%)
  ---  
0:00

This is a normal list of HTML links to MP3 files, which jsAMP picks up and turns into a playlist.

MOTOMIL
Casa do Relojoeiro
Farmácia Paraná
Romera
SÃO LUIZ CALÇADOS
Sobreira
Novo Mundo

Início » Notícias » Brasil » Exibindo Notícia

Tigrão

Data: 30/10/2017 Compartilhe esta notícia

MONTE NEGRO: Jovem grávida de 09 meses desaparece e família suspeita que ela tenha sido executada

 

Por volta das 07h40min de sexta-feira (27/10), a vítima Tainá Carina de Lima Mendonça, de 21 anos, saiu de sua residência, onde mora com a mãe e uma filha de 05 anos, dizendo que ia procurar seu ex-marido J.M. de 23 anos, para cobrar a Pensão da menina de R$ 200,00 que na maioria das vezes o suspeito não pagava. A vítima sabia que nas sextas-feiras o rapaz que trabalha e mora em uma fazenda da região, fazia aulas de direção em uma Auto Escola para tirar a Carteira de Habilitação, mas após a garota sair de casa, já perto das 11h30min o indivíduo chegou na residência da ex-sogra afirmando para a mulher que o telefone da vítima só dava “Fora da área de serviço ou desligado”, entregando para a ex-sogra a quantia de R$ 150,00, referente à Pensão da menina, dizendo ainda que queria levar a filha do casal para passar o fim de semana com ele, mas acabou desistindo da intensão. Perto das 17h30min a moto que a vítima estava pilotando foi localizada por uma Prima na entrada da Linha C-20, na altura do Km-51 da RO-010, que liga Monte Negro a Cacaulândia abandonada. Tainá que está grávida de 09 meses e que já tinha o Parto marcado para o próximo dia 14 de novembro (terça-feira), vinha sofrendo graves ameaças por parte do suspeito, que em uma delas afirmou que ia matar Tainá, o menino que estava para nascer e que depois se mataria, pois ele acreditava que o filho que ela estava esperando não era dele e dizia que não ia assumir o bebê. Apavorada com a situação a mãe de Tainá compareceu ao Quartel da Polícia Militar e procurou o Sargento Carlos, comandante do 3º Pelotão, que de imediato iniciou as buscas informando a ocorrência para seus superiores e para a Polícia Civil em Ariquemes, que enviou os Agentes Gauchinho e Gustavo do Serviço de Investigação e Captura (SEVIC) da Delegacia de Homicídios, que trabalhando em conjunto com a Polícia Militar, entraram em contato com os envolvidos no desaparecimento de Tainá. O suspeito J.M. negou ter executado a vítima para os Policiais e para seu Padrasto que participou das buscas à garota. Rapidamente a notícia se espalhou pela cidade de Monte Negro e familiares, amigos e moradores foram para o Quartel da Polícia Militar esperar por informações, inclusive despertando a revolta de alguns populares que já estavam falando em linchamento. Tainá foi casada com o suspeito por cerca de 4 anos, mas depois ele começou um caso extraconjugal com a melhor amiga de Tainá, até que acabou com o casamento e assumiu de vez a amiga da garota com quem estava vivendo atualmente, mas mantendo um caso extraconjugal com Tainá, que continuava apaixonada por ele e que engravidou novamente, segundo ela do rapaz. A atual esposa do suspeito disse aos Policiais que sabia apenas que ele tinha seguido a Monte Negro para fazer Aula de Direção e que não sabia que o seu marido tinha ido pagar pensão, muito menos que ele ainda se encontrava com Tainá e menos ainda que ela está grávida possivelmente dele. Durante o sábado (28/10) e domingo (29/10), dezenas de moradores da cidade se uniram aos Policiais E Bombeiros e realizaram buscas pelas matas da região, mas até o momento os corpos de Tainá e do bebê que ela estava esperando não foram localizados, despertando nas equipes a esperança de que ela tenha ido para a casa de alguma amiga ou parente e esteja descansando, pois é possível que a garota esteja passando por Stress devido à gravides, as ameaças e o amor não correspondido, que sente pelo rapaz que após prestar esclarecimentos foi liberado e deixou de ser considerado suspeito. Para a mãe e para um Tio que estava coordenando as buscas, Tainá não será encontrada com vida, mas para quem está investigando o caso existe sim uma esperança que ela e a criança estejam bem e que em breve vão aparecer e terminar com á angústia da família, dos amigos e da comunidade que acompanha passo a passo o desenrolar deste mistério.

 

FONTE: ARIQUEMES190.COM.BR

Curtam nossa página no facebook: CANAL35/ARIQUEMES190

Data: 30/10/2017 Compartilhe esta notícia
Rondon Cap
Lojas Milla
Axis
Tigrão Veículos
FAEL
Novalar

www.ariquemes190.com.br
Copyright © 2008 - 2018 Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Softwei, Buscazip, Guiaking Empresas